Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



1435

Ultimas Noticias

12.11.2013 - Trabalhadores da EBC aprovam continuidade da greve

Os funcionários da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) decidiram, em assembleia simultânea realizada Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) na segunda-feira (11/11), continuar em greve iniciada na quinta (7/11). Os trabalhadores decidiram que não irão abrir mão dos direitos conquistados e também continuarão na luta pelo ganho real. A EBC oferece 1% de ganho real dividido em dois anos, tíquete alimentação extra no fim de 2013 e 2014, vale-cultura. Mas impõe, a partir de demanda do Ministério do Planejamento, a retirada de 10 itens do Acordo e quer a exclusão de outras cláusulas sociais.

Na quarta-feira (6/11), a direção da empresa lançou nota de esclarecimento aos funcionários quando manifestou-se "surpreendida pela deflagração da greve de seus empregados", considerou "ilegítimo o modo como foi deflagrada e anunciada a greve" e referiu-se a instrumentos legais para destacar que "os empregados deverão garantir o funcionamento mínimo dos serviços".

Segundo Paulo Zocchi, secretário do Departamento Jurídico do SJSP e diretor da FENAJ, que acompanha o movimento dos trabalhadores da EBC em São Paulo, as ameaças feitas pela empresa através do comunicado distribuído só contribuiu para a aprovação da greve nacional.

“No comunicado, a empresa considerou ilegítimo o modo como foi deflagrada e anunciada a greve e que adotaria as medidas administrativas e legais cabíveis para garantir o direito ao trabalho. Não é uma boa maneira de negociar com os trabalhadores”, afirmou.

Na assembleia desta segunda-feira os jornalistas e radialistas mantiveram a contraproposta aprovada na assembleia do dia 5 de novembro, que prevê reajuste linear de R$ 290, aumento de 11% no tíquete alimentação, além de avanços em nove cláusulas sociais, como horas-extras, ocupação de cargos de chefia por concursados, formação, suspensão de punições e abonos de falta. Foi aprovada, também, a continuidade do diálogo com a empresa e o envio de cartas a órgãos do governo e a lideranças políticas reivindicando o apoio às demandas dos trabalhadores.

Depois da assembleia, os funcionários realizaram ato em frente ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para cobrar do governo a liberação dos recursos para o atendimento das reivindicações dos trabalhadores.

Em uma conversa informal com grevistas em Brasília na manhã desta segunda, o presidente da EBC, Nelson Breves, sinalizou que as negociações deverão ser retomadas mediante o cumprimento de duas premissas: fechamento de um acordo coletivo para dois anos e discussão do reajuste salarial em percentuais, e não linear – como querem os trabalhadores. Os funcionários realizam nova assembleia nesta terça-feira (12) para avaliar a mobilização. (Com informações dos Sindicatos dos Jornalistas do DF, SP e Rio de Janeiro)



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012