Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



1675

Ultimas Noticias

14.01.2014 - Jornalistas da Gazeta (SP) iniciam a votação do plebiscito de Rádio e TV

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) começou nesta segunda-feira (13), Plebiscito da Campanha Salarial de Rádio e TV. Os primeiros a votar foram os jornalistas da Gazeta, onde as urnas estavam à disposição a partir 14h30. Hoje elas estarão na TV Globo e na quarta (15) na CBN.

A proposta é de reajuste salarial de 5,6% (o INPC do período é de 5,58%), somado a um abono, a título de ganho eventual, de R$ 256,00 para jornalistas que trabalham na Capital, R$ 150,00 para os que atuam em cidades com mais de 80 mil habitantes e R$ 50,00 para menos de 80 mil habitantes. Esses valores serão pagos em uma única parcela, até 5 de março e não serão incorporados aos salários.

Se aprovada, na Capital o piso passará ser R$ 1.995,00, (9,38%), nas cidades com mais de 80 mil habitantes e R$ 1.265,00, (7,21%) nas cidades com menos de 80 mil o valor será de R$ 1.235,00, (6,93%). Para as demais cláusulas econômicas o valor foi fixado em 5,6%.

Quanto ao PLR, até 25 jornalistas (30% do salário) com teto de R$ 1.100,00 (reajuste de 10%); de 26 a 45 jornalistas (34% do salário) com teto de R$ 1.800,00 (manutenção do índice anterior); e 46 a 85 jornalistas (36% do salário) com teto de R$ 2.060,00 (reajuste de 14,45%) e a partir de 86 (45% do salário) com teto de R$ 6.800,00 (reajuste de 11,48%).

Para as fundações, a faixa será para 25 jornalistas (28% do salário) com teto de R$ 1.100,00 (reajuste de 10%) e a partir de 26 jornalistas (35% do salário) com teto de R$ 2.060,00 (reajuste de 11,11%). O vale refeição passa ser obrigatório. Na Capital será R$ 14,00 e no Interior e Litoral de R$ 12,25.

"Depois de uma longa negociação entres a partes conseguimos chegar em um acordo que beneficia quase todos os quesitos tanto para os jornalistas da Capital como do Interior e Litoral. Agora, é esperar a opinião dos trabalhadores que dirão nas urnas a sua posição”, declarou o presidente do SJSP, José Augusto Camargo (Guto).

O Plebiscito irá percorrer as redações de todo estado até o dia 17 de janeiro. Podem votar todos os jornalistas, mesmo os não sindicalizados, desde que apresentem o crachá da empresa ou a carteira da FENAJ.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012