Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



207

Ultimas Noticias

19/12/2012 - Assessora da Band pede bloqueio dos bens do grupo

 

De acordo com o site do Sindicato dos Radialistas de São Paulo, a assessora da presidência da Bandeirantes, Andrée Gabrielle de Ridder, 71, resolveu brigar pela partilha dos bens do fundador do Grupo Bandeirantes de Comunicação, João Saad, que morreu em 1999.

Ocupante do cargo até hoje, Andrée entrou na semana passada com uma ação anulatória de partilha de bens de João Saad, na 5ª Vara de Sucessão e Família de São Paulo. Na ação, ela pede também o bloqueio de 50% dos bens do Grupo Bandeirantes, o ressarcimento por perda de rendimentos e frutos da empresa e uma pensão alimentícia de R$ 60 mil mensais.

No processo, Andrées afirma que viveu uma união estável com o empresário João Saad de 1996 a 1999, após a morte da primeira esposa dele, Maria Helena de Barros Saad. No entanto, a assessora diz na ação ter mantido também uma relação amorosa e societária com Saad de 1980 a 1996, período em que ele ainda era casado.

Andrée solicita na ação a permanência no cargo de assessora da presidência da Band e quer ser ressarcida pelos rendimentos produzidos pelos bens partilhados pelos filhos de João Saad.

O valor da indenização requerida está hoje em R$ 600 milhões. Procurada, a Band não se manifestou sobre o assunto.

De acordo com seu representante, a decisão de entrar agora na Justiça veio com o não pagamento do valor estipulado no acordo de 2007. “Os direitos dela são muito maiores do que foi formalizado em 2007 com os filhos dele. Para ela, o mais importante foi o reconhecimento dos filhos de seu ex-marido, mas financeiramente ela ainda não recebeu nem o valor indigente do acordo. Os filhos sonegaram a participação dela no inventário”, disse Marcelo.

PENSÃO ALIMENTÍCIA E 50% DO PATRIMÔNIO

Entre os pedidos de Andrée, que até hoje trabalha como assessora da presidência do Grupo Bandeirantes, estão: uma pensão alimentícia no valor de R$ 60 mil, 50% de todo o patrimônio de João Saad, mais os rendimentos que os bens do empresário tiveram desde a partilha, da qual ela não teve acesso - apenas os filhos. “O valor divulgado de R$ 600 milhões é apenas uma parte da qual ela realmente tem direito. Se você prestar atenção, ela é a verdadeira dona da Band”, concluiu o advogado.

Procurada pelo iG Gente, Andrée não quis comentar o caso, mas sua filha Jacqueline contou como a mãe está: “Super bem, tranquila, trabalhando e está apenas em busca dos direitos dela”, disse a jovem, que não é filha de João Jorge Saad. Ela, que trabalhou muitos anos na Band garantiu ainda que a relação com os filhos do empresário é a melhor possível. “Convivo com eles desde os meus nove anos. Nossa relação sempre foi e será muito boa”.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012