Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



2357

Ultimas Noticias

24.06.2014 - Sem salário, trabalhador foi parar no Serasa

Uma empresa de Salvador terá de pagar indenização por danos morais no valor de R$ 3.000 a um trabalhador paranaense que teve o nome incluído em serviços de proteção ao crédito depois de ficar três meses sem salário e sem dinheiro para pagar as contas. Por não ter renda, mesmo trabalhando, ele acabou entrando para listas de inadimplentes do comércio.

A Adventure Tecnologia e Soluções Corporativas Ltda contratou o trabalhador em janeiro de 2013 para atuar como atendente operacional no Banco do Brasil. Contudo, em 26 de março do mesmo ano o ex-funcionário deixou o trabalho por não ter recebido as remunerações de janeiro e fevereiro. A falta de salário gerou dificuldades financeiras, impedindo o trabalhador de pagar contas de água, luz e outros compromissos assumidos anteriormente, sendo inclusive ameaçado de despejo por não quitar o aluguel.

O empregado recebeu também notificações do Serasa e do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) durante o período em que não recebeu os salários. Isto, de acordo com os desembargadores da 1ª turma do TRT-PR deixa evidente o ato ilícito, pois traz “prejuízos à honra e à imagem do trabalhador”.

Pela decisão dos desembargadores, caso a Adventure não quite os valores devidos, a cobrança recairá sobre o Banco do Brasil, que responde subsidiariamente no processo. Da decisão, cabe recurso. A relatora do processo 899-2013-68-09-00-9 foi a desembargadora Adayde Santos Cecone.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012