Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



2571

Ultimas Noticias

11.08.2014 - Na China, 1600 pessoas morrem diariamente por trabalhar demais

A China está enfrentando uma epidemia de excesso de trabalho. A cada ano, cerca de 600 mil pessoas morrem por se esforçarem demais no trabalho, de acordo com o China Youth Daily, meio de comunicação estatal chinês. Esse número foi aproximado por outros meios em cerca de 1600 mortes por dia.

A maioria das vítimas são trabalhadores entre os 20 e 50 anos com empregos estáveis, mas, como a ligação entre essas mortes e o estresse relacionado ao trabalho pode não ser sempre clara, o número de mortos pode ser subjetivo e difícil de se contar.

As causas mais frequentes das fatalidades compreendem uma ampla gama de doenças, como ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, que são agravadas pelo estresse das horas extras.

Na China, as preocupações dos trabalhadores de escritório com o excesso de trabalho refletem um ponto de inflexão no desenvolvimento econômico. O setor de serviços chinês tem eclipsado a indústria em termos de produção econômica, enquanto os trabalhadores das fábricas estão negociando redução de jornada e melhores salários.

Trabalhadores de escritório ainda recebem mais do que operários, mas têm apenas algumas das proteções que um sindicato pode oferecer.

Além das contas maiores para pagar, como moradia e carros, há também a pressão demográfica: a política do filho único da China tem criado uma geração de filhos únicos que arcam com os custos do envelhecimento dos pais, além de suas próprias famílias. Para essas pessoas, a hora extra se mostra como a única opção.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012