Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



279

Ultimas Noticias

06/02/2013 - Sergipe: Jornalistas e radialistas decidem aceitar 7% de reajuste

 

Em assembleia realizada na noite da última terça-feira, 05, na sede do Sindicato dos Radialistas, jornalistas e radialistas decidiram aceitar a contra proposta patronal em reajustar os salários linearmente em 7% e a manutenção dos demais pontos da convenção coletiva. Com o piso do jornalista passa a ser de R$ 1.180,21 e o do radialista para área artística passa a ser R$ 1131,82 e os que trabalham na área técnica ficará em R$ 967,84. Vale lembrar que o reajuste é retroativo a 1º de maio de 2012.

Os presidentes do Sindijor (Sindicato dos Jornalistas) e STERTS (Sindicato dos Radialistas) destacaram durante a assembleia a luta das duas categorias na campanha salarial 2012. “Essa foi uma campanha acirrada, fomos às ruas, chegamos ao ponto de por um trio elétrico em pleno Pré-Caju. Demos o nosso recado, agora é retomar o fôlego, pois em breve já estaremos discutindo os pontos da pauta de reivindicação para 2013”, aponta o presidente do Sindicato dos Radialistas, Antônio Fernando Cabral.

Para a convenção 2012/2013 os sindicatos apresentaram como propostas itens como: gratificação para os profissionais que façam pós graduação, mestrado e doutorado; auxílio creche; piso salarial de R$ 750 para os trabalhadores dos veículos de comunicação que exercem funções administrativas, mas todas essas pautas foram rechaçadas pelos patrões da comunicação de Sergipe. As duas categorias lutaram para que o reajuste chegasse aos patamares de 2011 (o reajuste foi de 8%), mas o sindicato patronal recusou-se a avançar.

A presidenta do Sindijor, Caroline Santos colocou mais uma vez a insensibilidade dos patrões da comunicação em Sergipe. “Não avançamos nas cláusulas sociais porque o sindicato patronal se recusa a debater, só sabem negar e sem justificativa plausível”, explica Caroline.  

A boa presença de comunicadores a esta assembleia animou a diretoria dos dois sindicatos. Os jornalistas e radialistas, ou seja, os comunicadores sergipanos começam a compreender que a união e a participação nas lutas empreendidas pelo sindicato é que faz a conquista.

As duas categorias farão assembleias no mês de março para definirem as pautas de reivindicação para a convenção 2013/2014 e, considerando o histórico dos últimos anos, a campanha salarial será mais uma vez de forma conjunta, provando que os comunicadores sergipanos estão unidos na busca de melhores condições de trabalho e salário. Fonte: Sindijor/SE



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012