Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



3404

Ultimas Noticias

11.03.2015 - Falta de televisionamento do Carnaval 2015 foi pauta na Cece

No texto a seguir há o questionamento de o porquê a RBSTV não ter transmitido o desfile de carnaval 2015. Quem acompanha nosso site sabe muito bem a resposta e, que as desculpas que deram não condizem com a realidade do Grupo RBS, que vem passando por dificuldades econômicas. Confira o texto reproduzido na integra e extraído do site da câmara de Porto Alegre:

 

A Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre se reuniu, nesta terça-feira (10/3) à tarde, para discutir o contrato de direito de transmissão de imagens do Carnaval 2015 e valores envolvidos. Professor Garcia, que havia solicitado a reunião, mencionou que muitas pessoas manifestaram indignação pela não transmissão do desfile do carnaval de Porto Alegre pela televisão neste ano. “Sabemos que a emissora RBS tem os diretos de transmissão, mas não entendemos o porquê de não ter ido ao ar”, afirmou.

Segundo o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa), Juarez Gutierrez, alguns fatores colaboraram para que essa transmissão não fosse realizada pela RBS, mas pela TVCOM. “Dentre os pontos que impediram esse televisionamento, está o fato de que o patrocinador, que até então havia acordado em contrato essa cobertura, no valor de R$200 mil, optou por não mais realizá-la, devido ao fato de que em 2014 as primeiras escolas a desfilarem não apresentaram o desempenho de qualidade televisiva esperado, fazendo com que o índice de audiência, que nos demais anos era de 19, 4%, caísse para 15%”, revelou, ponderando que a televisão vive de seus patrocinadores e que, apesar dos esforços da diretoria da emissora gaúcha, a transmissão em 2015 ficou inviabilizada.

O presidente da Liespa disse que a alternativa apresentada foi a transmissão através da TVCOM, canal de TV por assinatura, que tem abrangência menor que a de um canal de sinal aberto. “O resultado não foi bom. Ficamos todos descontentes não apenas com a transmissão, que decaiu muito em qualidade, como também com os programas e produtos que tradicionalmente antecediam os desfiles, como clipes e vinhetas, por exemplo. Estou externando minha opinião publicamente pela primeira vez, mas em nome da liga enviaremos ofício comunicando nossa posição à empresa”, afirmou. Ao finalizar, Gutierrez destacou que o Rio Grande do Sul quer se assistir e se reconhecer na televisão. Para ele, perder esse espaço representa uma derrota diante de algo construído ao longo de décadas.

Professor Garcia disse que foi bom ouvir a indignação do presidente. “Nós, enquanto parlamentares, temos o dever de ajudar para que o registro dessa manifestação popular não se perca. Proponho que a Câmara aprove uma Moção de Solidariedade à Liga”, concluiu. O vereador Dinho do Grêmio (DEM) concordou com a manifestação de Garcia, assim como Tarciso Flecha Negra (PSD), que ponderou: “Sabemos que os veículos de comunicação dependem de seus patrocinadores, portanto não podemos colocar a RBS na condição de culpada, tendo em vista que, em tese, o não televisionamento foi um pedido do patrocinador, e a mesma buscou outra maneira de manter a transmissão”, concluiu.

O presidente da Cece, vereador Reginaldo Pujol (DEM), recebeu das mãos de Juarez Gutierrez o contrato assinado entre a Liga e a emissora. “Dar visibilidade e transparência para os atos que pratica é uma das características da Liga. Em fevereiro deste ano, quando esta comissão visitou o sambódromo, ficamos encantados. Acredito que devemos buscar a melhor negociação com a RBS, talvez encontrar novos patrocinadores, bem como galgar o aprimoramento técnico deste evento cultural que é tão apaixonante”, finalizou. Também estava presente à reunião o responsável pela área de descentralização da cultura da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Leonardo Maricato.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012