Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



354

Ultimas Noticias

27.02.2013 - Judiciário ordena reintegração de radialista na FM Cultura do RS

 

O radialista Walmor Sperinde teve sua reintegração ao quadro funcional da Fundação Cultural Piratini do Rio Grande do Sul decretada pelo Judiciário. Sperinde foi demitido por justa causa pela mantenedora da Rádio e TV Educativa gaúcha em 2 dezembro de 2010, sob a alegação de ter cometido “falta grave”. De acordo com ele, a demissão teve motivação política, sendo deliberada após uma série de ações judiciais e denúncias feitas ao Ministério Público que resultaram na exoneração de membros do Conselho Consultivo da emissora que ocupavam cargos sem terem sido admitidos via concurso público.

Atualmente tramita no MP uma denúncia feita por Sperinde sobre a necessidade de incorporação via concurso público de um total de 200 funcionários no quadro de servidores da TV. Em um relato enviado por email, o radialista destaca também irregularidades técnicas cometidas pela TVE/RS e denunciadas por ele ao Ministério das Comunicações. “Há mais de 30 retransmissoras que estiveram fora do ar nos últimos cinco anos sem que nenhuma providência fosse adotada de parte da Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações] e do Ministério das Comunicações. A TVE ganhou até canal UHF para transmissão digital (canal 30), mesmo tendo sido verificada uma série de irregularidades técnicas, como transmissor reserva, equipamentos sucateados e falta de pessoal no quadro de servidores”, declara.

Sperinde receberá ainda uma indenização por danos morais como reparação pelos dois anos em que ficou afastado da Fundação ilegalmente. O profissional foi demitido do cargo de coordenador de programação da FM Cultura do Rio Grande do Sul num processo que desde o início o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão do RS denunciou como arbitrário. Por isso a entidade sindical colocou seu departamento jurídico à disposição do radialista. “A reintegração do profissional confirma a justeza da luta e a importância da organização sindical. O sindicato fez o papel dele, mesmo sendo o Walmor um companheiro que sempre fez críticas à entidade e também à diretoria e pessoalmente a mim”, ressalta o secretário de finanças da Fitert e secretário de organização do sindicato, Antônio Edisson Peres (o Caverna) – Redação Fitert



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012