Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



3595

Ultimas Noticias

27.04.2015 - Centrais debatem terceirização com Renan

Os presidentes da CUT, Vagner Freitas; da Nova Central, José Calixto; da UGT, Ricardo Patah; e da CTB, Adilson Araújo, se encontram amanhã (28), às 16 horas, com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para uma conversa sobre o Projeto de Lei 4.330/2004.

A proposta, aprovada na última quarta (22) pela Câmara dos Deputados, começou a tramitar hoje (27) na Casa e deve receber alterações. O presidente do Senado e os líderes das duas maiores bancadas, Eunício de Oliveira (PMDB-CE) e Humberto Costa (PT-PE), já disseram que não concordam com alguns pontos. Outros senadores também criticaram o projeto.

“Vamos fazer uma discussão criteriosa. O que não vamos permitir é pedalada contra o trabalhador. O projeto tramitou 12 anos na Câmara. No Senado, terá uma tramitação normal”, afirma Calheiros. O presidente do Senado decidiu convocar uma sessão temática em plenário para debater a proposição.

Na avaliação da CUT, o PL 4.330 é um ataque aos direitos assegurados pela CLT. “A terceirização só tem um objetivo, aumentar os lucros dos empresários, reduzir salários e benefícios, piorar as condições de trabalho dos já terceirizados e colocar em risco os direitos dos trabalhadores que ainda têm contratos diretos com as empresa”, destaca Vagner Freitas.

O presidente da CTB, Adilson Araújo, disse a Agência Sindical que as centrais devem complicar o debate sobre o projeto com a sociedade, intensificando também as manifestações no 1º de Maio. "As declarações do Renan (Calheiros) deram um ânimo novo, mas devemos intensificar a luta. O projeto está sendo muito questionado, principalmente porque abre a possibilidade de retrocesso nas relações trabalhista", afirma.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012