Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



4166

Ultimas Noticias

06.10.2015 - Câmara instala comissão especial que debaterá financiamento sindical

A comissão especial vai discutir e apresentar uma proposta de regulamentação da taxa assistencial, tema que já foi aprovado no Senado Federal e aguarda parecer na Comissão de Trabalho da Câmara. Há mais de duas dezenas de proposições que tratam do financiamento das entidades sindicais tramitando na Câmara dos Deputados e que serão reunidas e apreciadas no novo colegiado.

Foi criada nesta última quinta-feira (1º), na Câmara dos Deputados, a comissão especial que vai debater e apresentar uma proposta para o financiamento das entidades sindicais. Em cumprimento ao acordo firmado entre as lideranças partidárias, foi eleito por unanimidade o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), presidente do colegiado, e escolhido o deputado Bebeto (PSB-BA), como relator.

Momento histórico

O ato de instalação da comissão especial, realizado no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, contou com a presença dos presidentes de centrais sindicais, de diversos parlamentares, inclusive do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dos presidentes de centrais sindicais e outras lideranças do movimento, que lotaram o auditório.

Em discurso uníssono, os representantes dos trabalhadores externaram o posicionamento favorável à manutenção do financiamento das entidades sindicais, cujos recursos são indispensáveis para o cumprimento do dever, e também direito, de representação dos trabalhadores.

O evento, tal como as Marchas da Classe Trabalhadora realizadas em conjunto pelo movimento sindical e com pauta única de reivindicação de direitos para os trabalhadores, aposentados e pensionistas, entra para a história do movimento sindical.

O presidente da comissão especial, autor do pedido de criação do colegiado, sinalizou os objetivos e como vai atuar: “será o local da discussão e busca do consenso entre as entidades sindicais, Ministério Público do Trabalho e Governo para produção e aprovação de um texto que dê amparo e segurança jurídica para a cobrança da taxa”.

E prosseguiu: “vamos realizar audiências públicas nos estados e na Câmara dos Deputados para ouvir a maior quantidade possível de ideias para o texto que vamos querer aprovar”, assegurou Paulinho.

A comissão, que contará com 26 deputados titulares e igual quantidade de suplentes, vai reunir todas as proposições que tramitam sobre o tema na Câmara dos Deputados e definir o calendário de atividades. A primeira delas irá eleger o 3º vice-presidente e receber a indicação dos líderes partidários para as vagas ainda pendentes na composição do colegiado. Agência DIAP



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012