Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



4254

Ultimas Noticias

30.10.2015 - Record é obrigada a reintegrar dirigente sindical demitido em SP

O departamento jurídico do Sindicato dos Radialistas de São Paulo conseguiu, através de uma liminar na Justiça, a reintegração ao trabalho de Ademir Gomes dos Santos, de 59 anos. Além de ser funcionário da TV Record, na função de maquinista, Santos, mais conhecido como Billy, também é dirigente sindical.

Informações levantadas pelo site dos Radialistas diz que o RH da empresa alegou contenção de gastos, usando o critério de selecionar e demitir um dirigente sindical, sabedora que isso é ilegal.

Billy tem mais de 14 anos de Record. Muito querido entre os colegas de trabalho, afirma que a empresa o demitiu por perseguição política. "Sempre cumpre minhas funções profissionalmente, não havendo reclamações por parte da empresa", afirma.

Segundo Billy, a decisão, mesmo que liminarmente, de seu retorno ao trabalho, corrige uma injustiça trabalhista e afirma, "minha volta ao trabalho é uma vitória da categoria e a Dra. Rita tem muito a ver com isso", se referindo a Dra. Rita Martinelli, responsável pelo departamento jurídico da entidade sindical.

O fato é que a postura de algumas empresas, ao demitir trabalhadores, que ocupam cargos de dirigentes sindicais, não só fere a legislação trabalhista brasileira, mas é um claro ataque a organização dos trabalhadores.

A postura da direção do Sindicato dos Radialistas, em dar o apoio político ao companheiro de classe e sindical, garantiu sua permanência na frente de luta contra as irregularidades cometidas pela emissora contra seus colegas de trabalho.

Billy retorna motivado, não só ao trabalho, que gosta de fazer, mas para se juntar aos companheiros, que tem uma dura batalha pela frente, devido à postura da TV Record de querer encampar um processo de demissões e precarização no trabalho.

Após a liminar há um prazo de 5 dias para o retorno ao trabalho e a data ainda será decidia 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012