Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



584

Ultimas Noticias

19.04.2013 - Jornalistas em campanha Salarial de Rádio e TV 2013 no Ceará: emissoras propõem reajuste de 7,20%

Após nove rodadas de negociação - sendo três encontros desmarcados unilateralmente pelo lado patronal -, o Sindicato das Emissoras de Rádio e Televisão no Estado do Ceará (Sindatel) apresentou, no dia 10 de abril, à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/CE), proposta de reajuste linear de 7,20% para os jornalistas de mídia eletrônica. O índice, que representa um ganho real de 0,94% no piso, elevaria o vencimento mínimo dos trabalhadores do segmento de R$ 1.775,61 para R$ 1.903,45.

Com a apresentação desta contraproposta, que só chegou ao conhecimento do Sindicato dos Jornalistas (Sindjorce) na manhã da última quarta-feira (17/04), data da 10ª rodada de negociação, a reunião foi desmarcada pela SRTE/CE. Esta é a segunda proposta patronal para correção de salários e demais cláusulas econômicas desde o começo das negociações, em janeiro deste ano, quando as emissoras ofereceram reajuste linear de 6,73% (0,50% acima da inflação do período, de 6,20%).

As empresas de Rádio e TV continuam negando todas as reivindicações da categoria - Cesta Básica (de R$ 255,00), Protetor Solar para equipes de externa, Gratificação por Qualificação, Licença Maternidade de seis meses e Vale Cultura (de R$ 50,00). No entanto, a contraproposta no índice de reajuste das cláusulas econômicas mostra a disposição em negociar do presidente do Sindatel, Edilmar Norões, que atendeu a comissão de negociação do Sindjorce, comandada pelo jornalista Rafael Mesquita, diretor de Juventude da entidade laboral.

Contraproposta de 8,5% para pisos e salários

"Como as empresas se recusam a conceder novas cláusulas sociais, o Sindjorce entende que o índice de reajuste salarial precisa ser melhorado proporcionalmente ao faturamento das emissoras, de forma a atender as demandas da categoria", afirma Mesquita. A fim de chegar a um bom termo, a comissão de negociação laboral aceitou o índice de 7,20% para Seguro de Vida e Reportagem Especial, e contrapôs reajuste linear de 8,5% para pisos e demais salários da categoria.

A presidente em exercício do Sindjorce, Samira de Castro, lembra que o índice de 8,5% proposto pela entidade laboral é compatível com o faturamento das emissoras e leva em conta, ainda, o fato de o INPC de Fortaleza estar em patamares mais elevados que a inflação nacional. "Segundo o Dieese, a inflação da Capital cearense chegou a 9%, sendo 18% deste índice ocasionado pelo preço dos alimentos. Esperamos que as empresas sejam sensíveis a esta elevação no custo de vida, que afeta diretamente o trabalhador".

"Aguardamos retorno do presidente do Sindatel, Edilmar Norões, que está viajando. Mas também já conversamos com o superintendente do Sistema Verdes Mares, Ricardo Nibon, que se disponibilizou a levar a proposta do Sindjorce para os demais associados ao Sindatel, como os grupos Jangadeiro, Cidade e O Povo", acrescenta Rafael Mesquita. Redação Sindjorce.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012