Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



6678

Ultimas Noticias

18.09.2017 - Sindicatos já coletam assinaturas no RS para projeto de iniciativa popular pela anulação da reforma trabalhista

A campanha nacional da CUT pela revogação da chamada reforma trabalhista (lei nº 13.467, de 13/07/17) e da terceirização sem limites (lei nº 13.429, de 31/03/17) ganhou as ruas no Rio Grande do Sul. Lançada em todo o país, durante as manifestações do Grito dos Excluídos, em 7 de setembro, vários sindicatos da Capital e do Interior já começaram a coletar assinaturas junto aos trabalhadores e às trabalhadoras.

Há várias entidades que já instalaram postos de coleta de assinaturas em locais de grande circulação de pessoas. Comitês também estão sendo montados para organizar o recolhimento de adesões. A barraca da CUT-RS na Praça da Matriz também possui listas de apoiamento.

Antes de assinar, é preciso escrever o nome completo (sem abreviaturas), o endereço e os dados do título de eleitor (número, zona e seção), conforme prevê a Constituição Federal para esse instrumento de participação popular.

 

A CUT-RS elaborou um panfleto com as principais orientações para a coleta de assinaturas, visando tirar dúvidas e facilitar o trabalho dos comitês de organização.

 

 “Com esse projeto de iniciativa popular, vamos reforçar ainda mais a nossa luta contra os retrocessos do golpista Temer, que só são boas para os grandes empresários, que financiaram o golpe, pois para a classe trabalhadora essas mudanças das relações de trabalho serão uma desgraça”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Ele destaca que já iniciativas de sindicatos de distribuir as listas para os seus associados, a fim de levarem para casa e recolherem assinaturas de seus parentes e amigos. “Esta é uma forma que possibilita ampliar consciência crítica dos trabalhadores e a aumentar a resistência ao golpe”, salienta Nespolo.

Mobilização para garantir 1,3 milhão de assinaturas

Aprovada na 15ª Plenária Nacional/Congresso Extraordinário da CUT, realizado de 28 a 31 de agosto, em São Paulo, o objetivo é colher até o dia 31 de outubro mais de 1,3 milhão de assinaturas, que representa 1% do eleitorado brasileiro.

Depois, as listas de assinaturas serão protocoladas na Câmara dos Deputados antes da entrada em vigor da reforma trabalhista, no dia 11 de novembro. O passo seguinte será pressionar os parlamentares a votarem esse projeto de iniciativa popular, que anula essas duas leis do governo Temer que acaba com inúmeros direitos trabalhistas.

A CUT disponibilizou um kit de coleta de assinaturas, contendo o formulário do projeto de lei, arte para banner e adesivos e uma cartilha com orientações para o preenchimento correto das listas. Esses materiais também estão disponíveis no endereço eletrônico anulareforma.cut.org.br (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfp5dBvmlaTgexmF6lr3btUB83DAhxOWjgWNGJMH_-ljz-QyQ/viewform)

Assista ao vídeo do presidente da CUT-RS! https://www.youtube.com/watch?v=TGr6PbtLYho

 

Fonte: CUT-RS http://cutrs.org.br/sindicatos-ja-coletam-assinaturas-no-rs-para-projeto-de-iniciativa-popular-pela-anulacao-da-reforma-trabalhista/

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012