Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 


Guia Sindical

7372

Ultimas Noticias

23.05.2018 - Justiça determina que empresa quite dívida com jornalistas

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT15), de Campinas, determinou que a Rede Anhanguera de Comunicação (RAC) quite a dívida com os jornalistas. A falta de pagamento resultou em greve que completa mais de três meses

 

Jornalistas e dirigentes do SJSP comemoram vitória no TRT15 (Imagem: Lilian Parise)

 

A Rede Anhanguera de Comunicação (RAC) precisa pagar os valores devidos aos jornalistas. É essa a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT15), de Campinas, que deu prazo de cinco dias para que a empresa de comunicação quite os valores, sob pena de multa diária de R$ 500,00 por trabalhador. As informações são do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

Responsável pelos jornais Correio Popular, Notícia Já e Gazeta de Piracicaba, pelas revistas Metrópole e VCP News, e pelo portal RAC.com, a Rede Anhanguera de Comunicação atrasa os salários dos funcionários desde 2015. Em fevereiro deste ano, o sindicato denunciou que a empresa tinha acertado somente metade do salário de novembro. Os valores de dezembro, janeiro, 13° e 1/3 de férias seguiam em aberto. Sem acordo com a Rac, os jornalistas decidiram fazer a greve, que se estende até hoje, 93 dias depois do início da paralisação.

Diante da situação, a justiça decidiu que todos os valores atrasados devem ser pagos, incluindo o pagamento integral dos dias em que os funcionários ficaram parados. Os valores devem ser ajustados de acordo com juros e correção monetária. Além disso, o tribunal determinou que os grevistas terão 90 dias de estabilidade de emprego. Inclusive, uma trabalhadora desligada durante o movimento paredista deve ser reintegrada. O sindicato informa que o Tribunal determinou, ainda, envio de ofício com a íntegra do processo ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para que outras medidas pertinentes sejam tomadas. A entidade afirma que a Rac não se manifestou sobre o acórdão, tampouco compareceu ao julgamento no TRT15-Campinas no último dia 9. Fonte: https://portal.comunique-se.com.br/caso-rac-justica-determina-que-empresa-quite-divida-com-jornalistas/

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012