Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 


Guia Sindical

7391

Ultimas Noticias

29.05.2018 - Petroleiros anunciam greve nacional de advertência nesta quarta

Os petroleiros realizam amanhã (30) uma greve nacional de advertência, que terá duração de 72 horas. A categoria cobra a redução do valor da gasolina, do diesel e do gás de cozinha, além da manutenção dos empregos e a retomada da produção interna de combustíveis.

A Federação Única dos Petroleiros informou, em nota, que “a greve de advertência é uma etapa das mobilizações que os petroleiros vêm fazendo na construção de uma greve nacional por tempo indeterminado”. Como parte da mobilização e em apoio à greve dos caminhoneiros, ocorreram atos e mobilizações em todo o sistema Petrobras na segunda (28).

 

 

O Sindipetro Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) realizou paralisações na Replan, em Paulínia, e na Recap, em Mauá. O movimento ocorreu no início dos turnos da manhã, com o corte de rendição, ou seja, o grupo de petroleiros que começou a jornada na noite de domingo (27) permaneceu dentro das refinarias até o fim do protesto.

Nos últimos dias, a direção do Sindicato percorreu diversas unidades para conversar com os trabalhadores sobre a importância do engajamento de todos na greve e as consequências do avanço da política de privatização do governo e da cúpula da empresa.

 

 

“O aumento do combustível é consequência da política de desinvestimento da Petrobras, que deixa de produzir nas refinarias para importar o produto e liberar os preços", afirma Cibele Vieira, diretora do Unificado e da FUP.

O coordenador geral da FUP, José Maria Rangel, destaca que o governo reduziu a operação das refinarias “e isso fez com que o Brasil passasse a importar 30% de todos os derivados que consome”. “Queremos que a política de preços seja revista, que seja imediatamente suspensa a privatização e que Pedro Parente deixe a presidência da Petrobras”, diz.

Fonte: http://www.agenciasindical.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=8967

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012