Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 


Guia Sindical

8354

Ultimas Noticias

22.04.2019 - CUT-RS e centrais preparam atos unitários de 1º de Maio contra reforma da Previdência

A CUT-RS e centrais sindicais estão preparando uma série de atos unitários em Porto Alegre e no interior gaúcho para comemorar o 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, que será marcado no Brasil por protestos contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro, por mais empregos e salários decentes.

A programação completa será definida na reunião das centrais, que será realizada na próxima terça-feira (23), às 9h, na capital gaúcha, com a participação da CTB, Força Sindical, CSB, CSP Conlutas, Intersindical, Nova Central, UGT, CGTB, Pública e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

Haverá pronunciamentos das centrais, atividades culturais e mateadas, dentre outras iniciativas. Também serão montadas barracas para a coleta de assinaturas contra a reforma da Previdência, cujas listas deverão ser entregues pelas centrais ao presidente da Câmara dos Deputados na segunda quinzena de maio.

 

 

Várias manifestações já estão previstas

Porto Alegre– ato às 15h, na Orla do Guaíba;

Caxias do Sul- ato às 14h, nos Pavilhões da Festa da Uva;

Bagé – concentração às 14h, na Praça do Coreto, seguida de caminhada pela Avenida 7 de Setembro;

Erechim - concentração às 10h, no Bairro Atlântico;

Passo Fundo- ato das 14h às 17h, no Parque da Gare;

Pelotas– ato das 14h às 18h com mateada e atividades artísticas na Praça Dom Antônio Zattera

Santa Maria- atividades das 10h às 17h com ato ecumênico, almoço coletivo, apresentações culturais, mateada, lançamento do Comitê Regional contra a Reforma da Previdência e ato público no Alto da Boa Vista, bairro Santa Marta;

Ijuí– concentração às 14h seguida de ato na Praça Central;

Rio Grande– atividade será definida na próxima semana.

 

 

Construir a greve geral para derrotar a reforma da Previdência

“Estamos organizando atos unitários das centrais para dialogar com os trabalhadores e as trabalhadoras sobre a necessidade de derrotar a reforma da Previdência, que significa o fim da aposentadoria. Vamos apontar a importância da construção da greve geral, lembrando que a paralisação de 28 de abril de 2017, a maior na história do Brasil, foi decisiva para enterrar a reforma do golpista Temer, que era menos ruim do que a do Bolsonaro”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

 “Vamos denunciar também a política de desmonte cada vez maior dos direitos trabalhistas que o governo de extrema direita vem anunciando, como o fim dos aumentos reais para o salário mínimo. Se os governos Lula e Dilma não tivessem concedido reajustes acima da inflação, o mínimo não seria hoje R$ 998, mas sim R$ 573”, ressalta o dirigente sindical.

Nespolo salienta que o 1º de Maio é ainda uma oportunidade para defender mais empregos com carteira assinada e salários decentes. "Quando os golpistas aprovaram a reforma trabalhista prometeram milhões de postos de trabalho, mas enganaram a sociedade brasileira. O desemprego aumentou para 12,4% e atingiu 13,1 milhões de brasileiros e brasileiras em fevereiro", denuncia. "O que o desmonte da CLT gerou foi maior precarização do trabalho, com contratos intermitentes e jornadas parciais, piorando as condições de vida da classe trabalhadora". Fonte: CUT-RS http://cutrs.org.br/cut-rs-e-centrais-preparam-atos-unitarios-de-1o-de-maio-contra-reforma-da-previdencia/

 

 

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fone:(51)3233.3500

webmail / Todos Direitos Reservados 2012