Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 


Guia Sindical

8913

Ultimas Noticias

27.11.2019 - CUT e centrais lançam Plano Emergencial em defesa dos empregos

A CUT, demais centrais sindicais, movimentos sociais e partidos políticos lançaram o Plano Emergencial com propostas em defesa da geração de emprego e do desenvolvimento no último dia 18, na sede do Sindicato dos Químicos de São Paulo.

O presidente da CUT, Sérgio Nobre, ressaltou a importância do Plano Emergencial diante da crise no país, com 12,5 milhões de pessoas desempregadas, 6,8 milhões de pessoas subocupadas, 7,9 milhões subutilizadas, sendo 4,7 milhões de desalentadas. Das 92,3 milhões de pessoas ocupadas, 44% delas estão na informalidade e 26% trabalham por conta própria, de acordo com o Dieese.

 

 

“É um problema gravíssimo de alto desemprego e de informalidade no Brasil. O governo tem ido no sentido contrário porque cria a lógica de contrato de trabalho precário que não estimula a geração de emprego. E os empregos criados não são de qualidade”, afirmou.

“O que estimula a geração de empregos são os investimentos e o Estado é responsável por boa parte deles. Mas esse governo também vai na contramão disso ao desorganizar todo o Estado brasileiro, tirando a capacidade de investimento do Estado. De fato, a preocupação é grande porque estamos caminhando para a realidade do Chile”, prosseguiu.

“Por isso a necessidade da elaboração do Plano Emergencial, para dialogar com todos os trabalhadores e trabalhadoras e com toda a sociedade, uma vez que o governo federal não dialoga com o movimento sindical. Nós vamos apresentar para os demais entes do poder público, no Congresso, tanto Câmara dos Deputados quanto Senado, governadores e prefeitos”, contou.

O Plano Emergencial usa como base a Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora elaborada pelas principais centrais sindicais, com pontos que os sindicalistas consideram fundamentais para o Brasil retomar o desenvolvimento com geração de emprego e renda, e para sair da recessão.

Os principais eixos do plano são a ampliação do emprego de qualidade, a proteção aos desempregados e políticas emergenciais de redução de preços de alimentos e apoio às famílias em momentos de crise econômica.

As centrais lançaram ainda o Manifesto Unitário - Jornada Nacional de Lutas, “um movimento para reunir e unir todos os que querem construir um Brasil justo, soberano e democrático”, diz o documento.

“A unidade de ação que construímos propõe projetos e medidas convergentes para retomar o crescimento econômico; defender a soberania nacional; gerar empregos com direitos trabalhistas e proteção social; impedir a entrega do patrimônio público; promover o combate à desigualdade e à pobreza”.

 

 

Plano Emergencial

Confira as principais propostas de geração de emprego e renda:

1. AMPLIAÇÃO DO EMPREGO DE QUALIDADE

• Programa de Inclusão Produtiva

• Retomada das obras públicas paradas

• Retomada da política de desenvolvimento da agricultura familiar

• Reforçar a política de apoio à economia solidaria e colaborativa

• Ampliação da qualidade do emprego com redução da informalidade

• Promoção de direitos para os trabalhadores de aplicativos

• Reformular e ampliar a política de aprendizagem para jovens

• Redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salário

• Política de Valorização do Salário Mínimo

2. PROTEÇÃO AO DESEMPREGADO

• Ampliação das parcelas do seguro-desemprego

• Políticas de amparo aos desempregados, com transporte gratuito, redução de taxas de serviços públicos e gás de cozinha e formação profissional gratuita

• Reformular o Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda

3. POLÍTICA DE EMERGÊNCIA SOCIAL

• Políticas para redução do preço dos alimentos e garantia de acesso

• Política de apoio às famílias em momento de crise econômica

Fonte: sindicato dos metalúrgicos (http://www.mundosindical.com.br/Noticias/45151,CUT-e-centrais-lancam-Plano-Emergencial-em-defesa-dos-empregos)

 

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fone:(51)3233.3500

webmail / Todos Direitos Reservados 2012