Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



5307

Ultimas Noticias

26.08.2016 - Depoimento diretor Ricardo Malheiros sobre o que acontece na Rede de Baixos Salários

Companheiros

Ontem (25) estive na RBS TV juntamente com os diretores Bulhões, Elto, Daniel e Silvonei para realizarmos a eleição para Delegado Sindical. A receptividade para nós do Sindicato sempre foi muito boa por parte dos colegas que ao longo dos anos de trabalho mantivemos. Mas o que mais me deixou estarrecido são fatos que passo a narrar abaixo.

Quando um diretor sindical vai até uma empresa como a RBS, tem a oportunidade de conversar com a categoria e de também ser questionado sobre o que está ocorrendo. Recebemos denúncias dos mais variados tipos e algumas delas, por meio do nosso Secretário de Fiscalização e Mercado de Trabalho, já encaminhamos ao MPT e o MT. Mas temos mais denúncias como de contratos temporários; isto não deveria ocorrer, mas os profissionais devem ser valorizados, talvez eu não queira aceitar, mas na conjuntura atual que vivemos não podemos ficar sem uma fonte de renda, porém, contratar colegas mesmo que temporários sem o devido registro profissional é inadmissível e, por incrível que pareça, a RBS TV fez isto, contratando um profissional para trabalhar com operador de câmera. Não sei como conseguem ir contra a Lei do Radialista 6.615/78 que determina:

- Art. 6º - O exercício da profissão de Radialista requer prévio registro na Delegacia Regional do Trabalho do Ministério do Trabalho, qual terá validade em todo o território nacional e contra a Lei3. 688/41

- Art. 47. Exercer profissão ou atividade econômica ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício. Pena - prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa.

Outra que me deixou completamente estarrecido foi o fato de que esta sendo ventilada a possibilidade de que o então Plano de Saúde que era, digamos o carro chefe da RBS, para os Funcionários e o que prendia muitos por segurança para seus familiares, hoje está prestes a ser cobrado.

É uma pena, mas a máquina ganhadora de vários prêmios TOP OF MIND, uma das Melhores Empresas para se Trabalhar no RS, a empresa que tanto se falava que seu maior patrimônio era o funcionário ou COLABORADOR como gostam de chamar, não está colaborando. Já teve o Canal Rural vendido, sucumbiram com a Rádio Cidade demitindo muitos trabalhadores, e, desde o início de 2016, uma avalanche de demissões de trabalhadores, a TVCOM não existe mais e surgiu uma nova chamada OCTO e que ainda não se sabe para que veio. O que esta acontecendo?

E mais: ainda foi ventilado que o então prédio símbolo que aglomera as Rádios Cidade FM, Atlântida FM, Rural AM, Farroupilha AM e FM será entregue e as emissoras devem ir para o prédio do administrativo, na Av. Érico Veríssimo. Algo de muito errado está acontecendo.

Assim nós do Sindicato dos Radialistas estamos a disposição de todos os colegas Radialistas para justos buscarmos uma alternativa para este desmonte e, se for o caso, tomarmos atitudes mais sérias junto a justiça.

 

Ricardo Malheiros

Secretário Geral do Sindicato dos Radialistas



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012