Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



5379

Ultimas Noticias

13.09.2016 - Rádio 103 FM é invadida e assaltada em Aracaju

Na noite de sábado (10), por voltar das 18h30, na cidade de Aracaju (SE), um grupo de cinco homens armados invadiu os estúdios da Rádio 103 FM durante transmissão ao vivo da programação. O porteiro Paulo Henrique, a locutora e apresentadora Iucema Santos e seu filho foram rendidos. Os assaltantes levaram aparelhos celulares, notebook, dinheiro e diversos equipamentos da rádio.

 

Imagem: Reprodução/Youtube

 

O sindicato manifestou repúdio ao ataque violento e já entrou em contato com parlamentares para solicitar providências ao governo do Estado. A Polícia Militar investiga o caso. Confira a nota de repúdio do Sindicato dos Radialistas de Sergipe:

 

NOTA DE REPUDIO À VIOLÊNCIA CONTRA FUNCIONÁRIOS DA 103 FM

O Sindicato dos Radialistas do Estado de Sergipe vem por meio desta nota, manifestar seu total repúdio e indignação contra o ataque covarde praticado por bandidos na noite do último sábado (10) na Rádio 103 FM, contra os companheiros Paulo Henrique e Iucema Santos e seu filho. Este sindicato vem cobrando, desde 2011, um maior investimento por parte das empresas na adequação de suas instalações internas, bem como a adoção de uma política de segurança externa, com o treinamento de pessoal e a aquisição de equipamentos para as equipes externas, a fim de preservar a integridade física dos radialistas sergipanos.

Aproveitamos para repudiar veementemente as declarações de um suposto subtenente, que teria publicado em uma rede social que “acha pouco” o que aconteceu aos colegas da 103 FM. É preocupante que um agente público, que tem como missão servir e proteger, tenha um pensamentos como este, que “ache pouco” uma mãe ver um marginal ameaçar o seu filho com uma arma na cabeça, enquanto exerce a sua profissão, que “ache pouco” um pai de família rendido, agredido e humilhado por marginais, em seu local de trabalho. Esperamos que a corregedoria da PM investigue, identifique e puna este servidor.

O STERTS mais uma vez cobrará do governador Jackson Barreto, do secretário da SSP e dos comandos das Polícia Militar e Civil, medidas urgentes que visem a identificação, prisão e indiciamento destes criminosos covardes. Estamos vivendo tempos difíceis em nosso estado, em especial na área da segurança pública e os radialistas e jornalistas estão expostos, pois não têm treinamento nem equipamentos de segurança. Não podemos cruzar os braços e esperar que uma tragédia ainda maior aconteça para que adotemos medidas de segurança preventiva, como a implementação dos equipamentos de segurança e a adequação das instalações e a contratação dos serviços de profissionais da segurança. O STERTS intensificará ainda mais a pressão sobre os “donos da mídia”, para que entendam os riscos a que nós radialistas estamos expostos no exercício da nossa profissão.

STERTS É LUTA! O SINDICATO SOMOS TODOS NÓS!

Fonte: Fitert com informações do Sindicato de Sergipe

 

 

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012