Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



710

Ultimas Noticias

22.05.2013 - Ulbra tenta confundir trabalhadores acerca dos pagamentos de salário fracionados

Tem nos causado estranheza relatos de trabalhadores da ULBRA, quando de suas rescisões de contrato de trabalho aqui em nossa entidade. Temos ciência de que os pagamentos estão sendo pagos em parcelas, mas agora ficamos sabendo que a ULBRA comunicou que isso é resultado de um acordo firmado entre nossa entidade e representantes da empresa. Nunca concordamos com isso, tanto que em 26 de novembro de 2012 produzimos um Boletim Informativo, nos opondo a esse absurdo. A empresa certamente tem por objetivo confundir os trabalhadores. Por isso, essa é uma ótima oportunidade de reproduzirmos o que publicamos em nosso site naquela oportunidade. Confira:

 

Ulbra faz proposta indecente de acordo e parcelamento de obrigações trabalhistas

 

Tem gente que não tem mesmo vergonha na cara e, neste caso específico, nos referimos aos dirigentes da Ulbra. Acontece que tiveram o despudor de nos encaminhar uma proposta de acordo e parcelamento de obrigações trabalhistas, das mais indecentes, e ainda se consideram dignos de “boa-fé” diante de tudo que expõem no ofício.

As propostas são realmente absurdas e repetem a mesma ladinha de todos os anos, ou seja, sempre justificam a falta de liquidez com o expressivo passivo deixado pela antiga gestão do senhor Ruben Becker; e quem sai no prejuízo? É claro que os trabalhadores!

A seguir transcrevemos, na íntegra, os pedidos encaminhados, aos quais solicitam a nossa compreensão, análise e encaminhamento para votação em assembleia:

  • PEDIDO 1- Que a 2ª parcela do 13º salário seja paga, sem incidência de multa, em duas vezes, nas seguintes datas – 1ª em 03/01/2013; 2ª em 15/01/2013;
  • PEDIDO 2– Durante um (1) ano, a iniciar em dezembro de 2012, seja fragmentado em duas vezes, na vigência do mês, sem incidência de multa, o pagamento mensal do salário, nos seguintes termos: até o quinto dia útil no mínimo de 50% do salário e até o dia vinte (20) o restante do mesmo;
  • PEDIDO 3– Que o pagamento das férias seja efetuado nos mesmos termos do indicado no pedido 2. E, ainda sobre as férias, que o 1/3 constitucional seja pago em duas parcelas, a 1ª em 30/04/2013 e a 2ª parcela em 30/05/2013, respectivamente, tudo sem incidência de multa.

Certamente os trabalhadores não querem viver em eterno sofrimento já que entra ano, passa ano, as coisas se repetem sem que possam ter esperanças de dias melhores.

Diante desse quadro no qual a empresa relega seus funcionários a um segundo plano, como ser compreensivo com o que foi apresentado? Assim nossa entidade já encaminhou denúncia ao Ministério Público do Trabalho na busca de reparar o que os atuais gestores da entidade querem, injustamente, submeter os seus trabalhadores.



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012