Seções

Denuncias/Sugestões
Sindicalize-se
Links

Bolsa de Emprego

Cadastro de Currículo
Consulta de Currículo

On line

Últimas Notícias
Notícias Anteriores

Notícias Antigas


Sintonia

 

 

Novos convênios

 



7396

Ultimas Noticias

30.05.2018 - Nota do Movimento dos Servidores da TVE e FM Cultura

TVE E FM CULTURA TÊM PROGRAMAÇÃO CANCELADA E SEIS SERVIDORES SÃO DEMITIDOS

Interventor da TVE e FM Cultura, que é estudante de jornalismo, usa greve dos caminhoneiros como desculpa para cancelar a programação local das emissoras.

Um e-mail da presidência da Fundação Piratini, responsável pelas emissoras, determinou a folga dos funcionários a partir desta quarta-feira (30/05), com retorno previsto apenas na segunda-feira (04/06).

A medida causou indignação e preocupação entre os servidores, que mesmo com as dificuldades de transporte estavam comparecendo normalmente ao trabalho. Enquanto grupos de funcionários estavam organizando caronas para que todos fossem ao trabalho nesta quarta, o presidente da Fundação Piratini determinou aos seguranças que nenhum empregado entre na instituição pública.

Além disso, o interventor também anunciou, na tarde desta terça-feira (29/05), a demissão de seis servidores do quadro e a exoneração de 15 Cargos Comissionados (CCs). Apenas três apadrinhados políticos continuarão na Fundação Piratini: o presidente, o diretor-geral e uma assessora jurídica.

Os servidores de carreira desligados tinham mais de 30 anos de trabalho na TVE. Alguns estavam em pré-aposentadoria, direito que foi ignorado pelo governo, e foram demitidos por telefone.

No início da noite de hoje, um site de notícias divulgou o verdadeiro objetivo da folga despropositada dada pela presidência: o governo pretende extinguir a Fundação Piratini nos próximos dias, quando deve ocorrer também a realocação de cerca de 30 servidores para secretarias e órgãos do Estado. Com isso, o Governo Sartori deseja, em seguida, transformar a TVE e a FM Cultura em emissoras governamentais, subordinadas à ingerência da Secretaria de Comunicação (SECOM), que é um órgão sem fins culturais, dedicado a fazer a propaganda dos governantes.

Isso representa o fim do caráter público da programação, que será definida exclusivamente por interesses partidários. Confirmada a extinção, nada impede que os CCs exonerados da Fundação Piratini sejam recontratados para gerir os servidores realocados para a SECOM.

O Movimento dos Servidores repudia a demissão dos colegas e se solidariza a eles.

#SalveSalveTVEeFMCultura

 



Impressos


Rua Barão do Teffé, 252 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre-RS CEP:90160-150

Fones:(51)3029.4730, 3233.3500, 3019.6730 e 3024.4164

webmail / Todos Direitos Reservados 2012